I M I D T E C N O L O G I A E M A R K E T I N G

ABRINDO

Práticas Essenciais de Cibersegurança

 

Cada empresa, não importa quão grande ou pequena, deve ter uma estratégia de segurança cibernética robusta em vigor para proteger os ativos digitais de sua empresa. Ficar seguro na era digital não é mais uma prática definida e esquecida. Você deve ser diligente em suas práticas de segurança e estar sempre atento às novas tendências.
Para ajudá-lo a garantir que seus dados estejam protegidos, aqui estão dezenove práticas recomendadas essenciais de segurança cibernética.

Documente suas políticas de segurança cibernética

É importante que você documente todas as suas políticas de segurança cibernética. Isso não apenas ajuda a garantir que todos os funcionários estejam seguindo o protocolo, mas também ajuda a garantir que os novos funcionários possam ser devidamente treinados. Mesmo a política de segurança cibernética mais robusta só é eficaz se os funcionários receberem o treinamento de que precisam para cumpri-la adequadamente.

Fique de olho nas coisas

Uma das coisas mais importantes que você pode fazer para manter os dados da sua empresa seguros é ficar de olho na rede e nas contas. Seus funcionários devem ser treinados para identificar atividades potencialmente suspeitas e devem saber o que fazer se a encontrarem. Se ocorrer um ataque cibernético, a melhor coisa que você pode fazer é detectá-lo antes que cause qualquer dano extenso.

No entanto, a maioria das pequenas e médias empresas não tem funcionários suficientes para monitorar seu sistema 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano. Para ajudar a manter sua empresa e seus dados seguros, você pode considerar um Provedor de Serviços Gerenciados de Segurança ( MSSP). Um bom MSSP é capaz de monitorar seu sistema 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano, e conta com uma equipe de especialistas em cibersegurança que pode proteger sua empresa e seus dados, alertá-lo sobre quaisquer problemas potenciais de cibersegurança e ajudá-lo a resolver problemas, caso eles ocorram.

Use firewalls

Um bom firewall atua como a primeira linha de defesa entre seus dados confidenciais e os cibercriminosos. Além de um firewall padrão, você também pode implementar firewalls internos para fornecer proteção adicional e evitar que o malware se espalhe se o firewall externo for violado de alguma forma. Para garantir que toda a sua rede esteja segura, você também deve garantir que todos os funcionários que trabalham remotamente também instalem firewalls em suas redes domésticas. Para fazer cumprir esta política, você pode considerar o fornecimento de software de firewall a todos os funcionários que trabalham à distância.

Faça backup de todos os dados regularmente

Você deve fazer backup de todos os seus dados regularmente para que nunca corra o risco de perder todas as suas informações. Isso não é importante apenas do ponto de vista da segurança cibernética, mas também ajudará a garantir que seus dados estejam seguros caso seu escritório sofra um incêndio, inundação ou outro desastre potencialmente catastrófico.

Instale o software antimalware e mantenha-o atualizado

Se um de seus funcionários abrir acidentalmente um arquivo infectado por malware ou visitar um site malicioso, o software anti-malware oferecerá à sua empresa uma linha adicional de defesa. Este software é projetado para detectar anexos e sites suspeitos e impedir que eles entreguem sua carga de malware ou isolar qualquer computador que já tenha sido infectado.

Mantenha todo o seu software atualizado

Conforme as empresas detectam possíveis falhas de segurança em seus softwares, elas desenvolvem e lançam patches para corrigi-los. No entanto, você só pode tirar proveito dessas correções se o seu software estiver atualizado.

Vulnerabilidades de software conhecidas que receberam patches recentemente são o principal alvo dos cibercriminosos, que geralmente procuram especificamente empresas que não atualizaram seu software para incluir os novos patches. Manter seu software atualizado e garantir que seus funcionários também o façam é uma maneira rápida e simples de ajudar a proteger os ativos digitais de sua empresa.

Proteja dados sensíveis

Você deve evitar armazenar dados confidenciais (como informações de cartão de crédito, informações pessoais, informações financeiras ou informações de saúde) em desktops, laptops, tablets ou dispositivos móveis, especialmente se esses dispositivos saírem do escritório.

Os dados confidenciais nunca devem ser armazenados em formatos não criptografados e quaisquer dados confidenciais que não sejam mais necessários devem ser removidos do sistema.

Esteja preparado

Todas as empresas devem realizar exercícios regulares de cibersegurança e testes de penetração. Esses exercícios permitem que seus funcionários pratiquem o que aprenderam sobre segurança cibernética em um ambiente sem riscos.

Eles também fornecem tempo para refinar e ajustar os protocolos de segurança cibernética, se necessário.

Os exercícios de cibersegurança são semelhantes aos exercícios de incêndio, em que os funcionários são apresentados a um ataque cibernético hipotético e usam os protocolos da empresa e suas habilidades para reagir a ele.

Os testes de penetração envolvem a contratação de um hacker ético para tentar intencionalmente invadir a rede da sua empresa e, em seguida, contar como eles fizeram isso para que você possa fortalecer seus protocolos atuais.

Eduque-se

É importante para qualquer empresário compreender os fundamentos da segurança cibernética para que possam tomar medidas para proteger seus negócios e seus ativos digitais. Você pode fazer isso conversando com sua equipe interna de segurança cibernética ou agendando reuniões de treinamento com seu provedor de segurança cibernética para que possa expandir seu conhecimento.

Eduque todos os seus funcionários

Especialmente em empresas de pequeno e médio porte, os funcionários podem cumprir uma ampla variedade de funções. Isso significa que todos os funcionários devem estar familiarizados com as políticas de segurança cibernética da sua empresa e devem compreender a quem recorrer se acharem que algo está errado ou se depararem com quaisquer atividades cibercriminosas possíveis.

Você também deve se certificar de que as políticas de segurança cibernética de sua empresa sejam revisadas regularmente e evoluam para lidar com novas ameaças potenciais.

Aplicar práticas de senha segura

Embora escolher boas senhas e alterá-las regularmente possa ser inconveniente, é importante que seus funcionários selecionem senhas fortes e as alterem com frequência. O NIST (Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia) oferece diretrizes abrangentes na seção 5.1.1.1. ( Autenticadores secretos memorizados ) para escolher senhas seguras.

Práticas recomendadas de segurança de senha

Use autenticação multifator

A autenticação multifator é uma maneira simples e minimamente intrusiva de capacitar seus funcionários para ajudar a manter os dados da empresa seguros. Os celulares dos funcionários funcionam bem como dispositivos de autenticação multifator, uma vez que é improvável que ladrões ou cibercriminosos tenham a senha e o celular do funcionário.

Evite golpes de phishing

Você deve garantir que todos os seus funcionários sejam treinados para reconhecer possíveis golpes de phishing e saber a quem denunciá-los. Embora os golpes de phishing sejam mais propensos a ser implantados por e-mail, eles também podem ser realizados por telefone, texto ou sites de redes sociais.

A melhor maneira de evitar ser vítima de um golpe de phishing é evitar abrir arquivos ou clicar em links que pareçam suspeitos. Uma boa regra geral a seguir é que, se algo parecer suspeito, provavelmente é; portanto, você deve dizer a seus funcionários para sempre verificarem com sua equipe de segurança cibernética antes de fazer qualquer coisa que a mensagem sugerir.

Nunca deixe os dispositivos sem supervisão

A segurança física é um grande componente da segurança cibernética que costuma ser esquecida. Laptops, tablets e dispositivos móveis devem ser protegidos quando não estiverem em uso.

O ideal é que os funcionários nunca levem computadores, tablets ou dispositivos móveis que usam no trabalho para casa, mas isso não é viável para empresas que empregam políticas de home office.

No entanto, todos os funcionários devem se lembrar de bloquear seus dispositivos quando não estiverem em uso. Os funcionários também não devem armazenar dados confidenciais em seus dispositivos, a menos que seja absolutamente necessário.

Verifique se os dispositivos móveis estão seguros

Você deve certificar-se de educar seus funcionários sobre como proteger adequadamente seus dispositivos móveis, tanto pessoais quanto profissionais, que se conectam à sua rede. Todos os dispositivos devem ser bloqueados com um PIN ou senha e não devem ser deixados sem supervisão.

Os funcionários só devem instalar aplicativos de fontes confiáveis ​​e não devem clicar em links ou anexos encontrados em e-mails ou mensagens de texto não solicitados.

Todos devem se certificar de que o software do seu dispositivo móvel seja mantido atualizado e os dados devem ser copiados regularmente. Os funcionários também devem instalar programas como Find my iPhone ou Android Device Manager para que dispositivos perdidos ou roubados possam ser rastreados.

Use Wifi público com sabedoria

Pontos de acesso wi-fi públicos estão em toda parte, mas nem todos são tão seguros quanto deveriam ser. Certifique-se de que os funcionários só se conectem a redes wi-fi em que confiem.

Se um funcionário precisar usar uma rede wi-fi pública, certifique-se de que ele se esqueça da rede quando terminar de usá-la. Isso evita que seus dispositivos se reconectem automaticamente em uma data posterior.

Seja esperto sobre drives Flash encontrados

Um dos truques mais antigos do crime cibernético é deixar infectar uma unidade flash com malware e, em seguida, deixá-la em um estacionamento ou outro local semi público e esperar que alguém se conecte.

Se um funcionário conectar o dispositivo infectado em seu computador, ele irá liberar malware que pode infectar toda a sua rede. Certifique-se de ter protocolos em vigor para que os funcionários saibam com quem devem falar se encontrarem unidades flash ou outros dispositivos suspeitos.

Não compartilhe tudo

Todos nós sabemos agora que nunca devemos anotar nossas senhas. No entanto, você também deve ter políticas em vigor para garantir que seus funcionários não compartilhem acidentalmente informações confidenciais. Os funcionários não devem tirar fotos que comprometam a segurança e devem ter cuidado com as informações que compartilham nas redes sociais.

Tudo bem em pedir ajuda

Se você não tiver certeza de como manter sua empresa e seus dados protegidos contra criminosos cibernéticos, entre em contato com os especialistas para obter ajuda. Um bom especialista em cibersegurança o ajudará a identificar os pontos fracos em suas políticas atuais e a melhorar sua segurança cibernética geral, criando políticas robustas e treinando seus funcionários sobre elas.

Artigos Relacionados

Leave a Comment

um + oito =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Why I say old chap that is spiffing lavatory chip shop gosh off his nut.!